domingo, 11 de novembro de 2007

Belo exemplar da Arte Cemiterial. Esta coruja em mármore encontra-se adornando um túmulo de meados do século XIX e representa a guardiã da noite, a sagacidade e a erudição.

2 comentários:

Anônimo disse...

A gente até pensou em roubar uma delas, não é, Tello?
Beijos da
Helena

Marcelo disse...

Hihihi, você bem que se lembra.
Beijos.